skip to Main Content

Setor de inovação quer mapear déficit de profissionais de TI com pesquisas

Escassez de mão de obra em TI ultrapassará 400 mil postos até 2022; pesquisas de projeto no Paraná identifica demandas

O déficit de profissionais de TI no Brasil deve deixar mais de 408 mil postos de trabalho vazios até 2022, identifica um levantamento da Softex, organização social voltada ao fomento da área de TI do projeto TechDev Paraná. Devido à escassez de pessoal, as perdas acumuladas nos últimos dez anos (2010-2020) alcançam R$ 167 bilhões.

Para tentar resolver o problema, TechDev Paraná promove duas novas pesquisas para identificar gargalos e demandas em recursos humanos do setor. A iniciativa reúne entidades empresariais e públicas com o objetivo de desenvolver atividades de TI. Entre elas estão a regional paranaense da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR), o Governo do Estado e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Informação.

Com a primeira pesquisa, o projeto busca mapear as vagas existentes na área de TI e averiguar onde é recorrente a carência de mão de obra. O segundo levantamento, por sua vez, tem o objetivo de investigar competências necessárias de hard skills e soft skills para o setor.

Para Lucas Ribeiro, diretor-presidente da Assespro-PR, o diagnóstico vai permitir tanto a empreendedores como a gestores públicos estabelecerem ações mais efetivas em prol do desenvolvimento do setor de inovação. A iniciativa, ainda segundo o executivo, é fundamental para o Brasil não deixar escapar a oportunidade de ser referência no mercado global de TI.

Fonte: Computerworld

Veja também:

Foco no Planalto – Edição 030/2022

Boletim Político, Foco no Planalto
Confira a newsletter exclusiva “Foco no Planalto”, relativa a semana de 1º a 05 de agosto.
Continue lendo

Agenda Legislativa de 01 a 05 de agosto de 2022

Agenda Legislativa, Boletim Político
Confira a Agenda Legislativa de 01 a 05 de agosto de 2022.
Continue lendo
Back To Top