skip to Main Content

Inscrições do programa que vai custear bolsas e curso de TI para mil jovens estão abertas

As bolsas terão valor de R$ 1.350 para alunos e ex-alunos do Ensino Médio e de R$ 1.500 para alunos que estejam cursando o Ensino Superior e são dirigidas aos 50 municípios com menores números do Índice Ipardes de Desenvolvimento Municipal (IPDM), que mede o desempenho econômico e aspectos de saúde e educação dos 399 municípios do Estado.

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) abriu os processos de seleção de alunos do ensino superior e médio para o programa Talento Tech, que vai qualificar mil jovens em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) em 2024. As inscrições deverão ser feitas até 17 horas do dia 3 de junho, exclusivamente por este link.

A iniciativa, realizada pelo Governo do Estado por meio das secretarias do Planejamento, da Inovação, Modernização e Transformação Digital, da Educação, de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, e Fundação Araucária, vai destinar, 500 bolsas para alunos e egressos do Ensino Médio (rede estadual) e outras 500 para alunos do Ensino Superior das sete universidades estaduais, seja em cursos EaD ou presenciais.

As bolsas terão valor de R$ 1.350 para alunos e ex-alunos do Ensino Médio e de R$ 1.500 para alunos que estejam cursando o Ensino Superior e são dirigidas aos 50 municípios com menores números do Índice Ipardes de Desenvolvimento Municipal (IPDM), que mede o desempenho econômico e aspectos de saúde e educação dos 399 municípios do Estado.

Para ambos os alunos, é requisito obrigatório residir no município de inscrição: Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Antonina, Bocaiúva do Sul, Brasilândia do Sul, Cândido de Abreu, Cerro Azul, Clevelândia, Congonhinhas, Cruzeiro do Sul, Curiúva, Doutor Ulysses, Francisco Alves, Guaraci, Guaraqueçaba, Imbaú, Inácio Martins, Ipiranga, Itaperuçu, Itaúna do Sul, Japira, Jardim Alegre, Laranjal, Lupionópolis, Mandirituba, Manfrinópolis, Mariluz, Matinhos, Morretes, Nova Laranjeiras, Piraquara, Pontal do Paraná, Porecatu, Primeiro de Maio, Ramilândia, Reserva, Rio Branco do Ivaí, Santa Amélia, Santa Cecília do Pavão, Santa Maria do Oeste, Santa Mônica, Santo Antônio do Paraíso, São Jerônimo da Serra, São Sebastião da Amoreira, Tamarana, Tijucas do Sul, Tunas do Paraná, Ventania e Xambrê.

Para os que almejam as vagas do Ensino Médio também é requisito ser aluno nesse grau de instrução da rede de educação pública paranaense, matriculado e frequentando a 2ª série, 3ª série ou 4º série; ou ser egresso (entre os anos de 2019 e 2023) do Ensino Médio da rede de educação pública (todas as séries cursadas no sistema público estadual de ensino) e não ser acadêmico ou egresso de curso superior.

Para os candidatos às vagas do Ensino Superior, além da comprovação de residência em um dos 50 municípios participantes, também são requisitos ser acadêmico (modalidade presencial ou EaD) do sistema de Ensino Superior paranaense, preferencialmente dos cursos das áreas de Tecnologia e Inovação, com matrícula ativa nos dois primeiros anos da graduação (quatro primeiros semestres) e ter conta-corrente aberta no Banco do Brasil.

METODOLOGIA – Os cursos terão duração de 10 meses, período em que os alunos terão direito a uma bolsa remunerada para dedicação à formação na área. Além da bolsa, cada aluno receberá um notebook durante o aprendizado. As aulas serão híbridas, com parte do curso em EAD e aulas presenciais quinzenais. A UEPG será a responsável pela estruturação da grade, assim como organização com as demais universidades no auxílio para aplicação das aulas em cada região.

Cada curso terá a duração de 800 horas, divididas em três módulos, sendo dois iniciais de 360 horas e um final de 80 horas, dedicado para o projeto integrador com empresas parceiras. O Talento Tech tem o objetivo de explorar as habilidades de formação em TIC, além de conteúdos de soft skills, fundamentos da computação, programação, banco de dados, desenvolvimento de aplicativos móveis, inglês técnico, engenharia de software e o desenvolvimento de uma aplicação prática ao final dos cursos.

Os cursos serão ministrados por professores das instituições de Ensino Superior e por profissionais indicados pelas empresas de tecnologia parceiras. Cada município terá um apoio presencial à docência e cada turma terá um apoio online à docência como forma de acompanhar o desempenho.

PROGRAMA – Com investimento de R$ 62 milhões, o Talento Tech deve qualificar, ao todo, 3 mil alunos com cursos gratuitos e bolsas remuneradas em TIC, divididos em 1.000 alunos por ano, sendo 500 de cada categoria. A ideia é que sejam formados 60 alunos por município ao final dos três anos.

O objetivo é que os futuros profissionais atuem em suas cidades após a conclusão do projeto, contribuindo para o desenvolvimento econômico e a geração de valor na estrutura produtiva local. Em meados de maio, foi aberto um edital de chamamento público de empresas que desejem participar do programa e, em complemento a isso, o Governo do Estado tem buscado parcerias com as big techs do setor de tecnologia para que o aluno saia do curso empregado.

Além de capacitar e visar ampliar a empregabilidade desse grupo, o programa objetiva, também, incentivar o empreendedorismo, o que deve repercutir em aspectos sociais e econômicos de médio e longo prazo, impactando a economia local e contribuindo para o desenvolvimento regional endógeno sustentável.

Fonte: Secretaria da Inovação, Modernização e Transformação Digital

Veja também:

PL 2338/2023 – Inteligência Artificial | CTIA: Análise Novas Emendas

Comunicados do Presidente e Diretorias, Serviços
Foram apresentadas 6 novas emendas ao substitutivo do PL 2338/2023, no âmbito da Comissão Temporária Interna sobre Inteligência Artificial no Brasil.
Continue lendo

PLP 122/2022 – Preposto de MPEs para participação em audiências nos juizados especiais cíveis | CCJC: Apresentado Parecer + Pronto para Pauta

Comunicados do Presidente e Diretorias, Serviços
O deputado Ricardo Ayres (REP/TO) apresentou parecer favorável ao PLP 122/2022, na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Continue lendo
Back To Top