skip to Main Content

Vale do Pinhão celebra Dia da Mulher em Paiol Digital com histórias inspiradoras

Vale do Pinhão teve uma noite de histórias inspiradoras nesta quarta-feira (8/3), Dia Internacional da Mulher, no primeiro Paiol Digital de 2023. Foi uma edição especial para elas, com 100% das palestras feitas por mulheres, no retorno do evento ao palco intimista do Teatro Paiol, agora totalmente reformado, e que também faz parte das comemorações dos 330 anos de Curitiba.

O público, formado por homens e mulheres, lotou a plateia do Paiol para ouvir sobre as trajetórias profissionais, os desafios no empreendedorismo e liderança feminina com a presidente do Grupo Educacional Opet, Adriana Karam; a jornalista e repórter da Rede Paranaense de Comunicação (RPC), Dulcineia Novaes; a head de growth e expansão do iFood; Anna Vidal; e a diretora-presidente da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação do Paraná (Assespro-PR/Acate-PR), Josefina Gonzalez.

“Este primeiro Paiol Digital de 2023 é uma homenagem para Curitiba e para nós, ao trazer empreendedoras que inspiram mulheres e homens com suas histórias profissionais”, destacou a presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Cris Alessi.

Em celebração à mulher curitibana, a fachada do Teatro recebeu projeções digitais especiais para o Paiol Digital, com as imagens das palestrantes e de mulheres que contribuíram para a história da cidade, como a engenheira Enedina Alves Marques, a poeta Helena Kolody e a atriz Lala Schneider.

Na abertura do evento, o Coral Negro de Curitiba, formado há dois anos, se apresentou com músicas de matriz africana e de cantores brasileiros negros, como Sandra de Sá e Milton Nascimento. A noite teve, ainda, o lançamento da 5ª Edição do Prêmio Empreendedora Curitibana, com inscrições abertas a partir de 15/3.

Contadora de histórias

Com 41 anos de trabalho como repórter na Rede Paranaense de Comunicação (RPC), a jornalista Dulcineia Novaes encantou a plateia com histórias de bastidores do telejornalismo e disse ter se sentido homenageada.

“Fiquei emocionada em ver nossas fotografias na fachada do Paiol, é um momento muito importante. Como jornalista, gosto de estar entre as pessoas, seja gravitando entre gravar na Noruega em um dia e, no dia seguinte, estar em algum terminal de ônibus de Curitiba”, disse.

Dulcineia falou dos pais, Maria e José, do início da carreira em Londrina, da chegada a Curitiba e das produções do Globo Repórter que protagonizou e que levaram o nome do jornalismo curitibano para a rede nacional. Na atração, ela já contou histórias dos Campos Gerais, Moçambique, Paraguai, Havaí, Romênia, Noruega, Ilhas Canárias e Madeira e Madagascar.

Auto liderança

Primeira mulher presidente da Assepro-PR/Acate-PR, Josefina Queiroz falou sobre o desafio à frente da associação de empresas de tecnologia e de exercer cargos de liderança.

“É uma jornada surpreendente, mas, antes, é preciso aprender a se auto liderar, desenvolver a nossa força interna, que nos motiva e nos tira da zona de conforto”, disse. Em sua gestão à frente da Associação, pretende ampliar a conectividade, estando cada vez mais próxima ao Vale do Pinhão, o ecossistema de inovação curitibano, e dos ecossistemas de outras cidades paranaenses.

Transformar realidades

Já a presidente Grupo Opet, Adriana Karam abordou a inovação em um negócio de origem familiar e que, este ano completa 50 anos de história.

Ela lembrou a jornada do grupo fundado por seu pai, José Antonio Karam, em 1973, como um curso profissionalizante de datilografia voltado para a prática do mercado de trabalho.

A empresa é, hoje, um grupo educacional com editora e mais de 40 cursos de graduação e pós-graduação. “Desde o início, queremos transformar realidades desenvolvendo pessoas e o mercado. Fomos maker décadas antes de a palavra entrar na moda. Transformar continua sendo a nossa maior inspiração”, falou Adriana.

Mulheres na tecnologia

Anna Vidal, do iFood, abordou o desafio de empreender no setor de tecnologia, um ambiente profissional ainda predominantemente masculino.

“No iFood, descobri que muitas conquistas que posso ter hoje é porque outras mulheres asseguraram isso e hoje me faz assumir o papel de abrir caminho para outras”, falou.

Para reduzir essa disparidade – apenas 12% dos desenvolvedores são mulheres – ela defende ações como a criação de projetos de capacitação de mulheres como desenvolvedoras de softwares e aplicativos para inseri-las no mercado e reduzir essas disparidade. “Não é uma questão de colocar homens contra mulheres, mas de colocar novos pontos de vista no mercado”, disse.

Prêmio Empreendedora Curitibana

O Paiol Digital também marcou o lançamento do Prêmio Empreendedora Curitibana 2023, que reconhece as mulheres que empreendem em Curitiba e na Região Metropolitana.

Em sua 5ª edição, a premiação bianual terá cinco categorias: Microempreendedora Individual, Micro e Pequena Empresa, Ideia Empreendedora, Startups e Iniciativa de Impacto Social.

As inscrições serão abertas na próxima quarta-feira (15/3), pelo site do Agência Curitiba e podem ser feitas até 20/6. Entre os prêmios, as vencedoras vão ganhar um MBA em Empreendedorismo Social e Negócios de Impacto, ofertado pelo Instituto Legado.

Conversa com o prefeito e a primeira-dama

Na manhã desta quarta-feira (8/3), pela manhã, o prefeito Rafael Greca e a primeira-dama, Margarita Sansone, receberam as quatro palestrantes do Paiol Digital no Palácio 29 de Março, parabenizando-as por suas trajetórias.

“A presença de vocês conosco na Prefeitura e no Paiol Digital é uma grata forma de celebrarmos o Dia da Mulher”, disse o prefeito.

A primeira-dama, que também é uma das embaixadoras do Prêmio Empreendedora Curitibana, lembrou ações em que Curitiba foi pioneira na assistência do público feminino contra a violência, como a criação da Pousada de Maria, em, 1993, primeira casa de acolhimento de vítimas de violência doméstica no Brasil.

Também participaram do encontro na Prefeitura de Curitiba, a presidente da Agência Curitiba, Cris Alessi; o diretor técnico da instituição, Paulo Krauss, a coordenadora de Smart City, Alessandra Reis, e os familiares de Adriana Karam: a mãe, Maria Regina, e os irmãos, Luciano e Daniele.

Fonte: Prefeitura Municipal de Curitiba

Veja também:

Newsletter Foco no Planalto – Edição 24/2024

Boletim Político, Foco no Planalto
Confira a newsletter exclusiva “Foco no Planalto”, relativa a semana de 10 a 14 de junho.
Continue lendo
Back To Top