skip to Main Content

Tecnologia em tempos de muitas demandas e escassez de bons profissionais .

Se você acha que a dificuldade em encontrar bons profissionais para contratar e completar o time ideal é privilégio só do segmento em que a sua empresa atua, converse com colegas de outros setores e possivelmente mudará sua percepção. E o que fazer diante desse quadro? Formar novos profissionais? Certamente é um caminho louvável, porém, de resultado prático não imediato. Outro caminho, em algumas áreas, é a otimização de processos, diminuir os erros (inclusive nas decisões estratégicas) e usar ao máximo os recursos oferecidos pela tecnologia da informação (TI).

Muitas tarefas operacionais podem ser delegadas a hardware (computadores, equipamentos eletrônicos e periféricos) e software, desde o mais básico até o que embute algoritmos de inteligência artificial (IA). A transformação digital tem avançado de forma acelerada nos últimos anos e vem permeando todas as camadas da gestão das empresas e das organizações de forma geral. E não só no âmbito operacional, mas também os dirigentes (gerentes e diretores), em meio à sobrecarga de atividades e responsabilidades a que são submetidos, precisam da ajuda de dispositivos e softwares que os ajudem a ser mais produtivos em suas ações e acertar mais em suas decisões.

Se você não for de uma empresa fornecedora de software, converse com o seu provedor do software de gestão e avalie com ele os recursos que podem ser mais bem aproveitados para otimizar a sua parte na gestão. Se ainda não tiver disponível recursos de Business Intelligence (BI), possivelmente é algo a ser demandado. E se já tiver disponível, use e abuse, pois vai lhe ajudar muito no planejamento e nas tomadas de decisões importantes.

E se você faz parte de uma empresa que provê software de gestão e ainda não embutiu ou acoplou recursos de BI em seus produtos, procure fazê-lo o quanto antes. Quanto mais você ajuda o seu cliente, mais o fidelizará. Quanto mais recursos e facilidades o seu software oferecer para os gestores de seu cliente tomarem decisões seguras, mais sustentabilidade e possibilidade de crescimento você vai assegurar ao seu cliente e tanto mais você pode ganhar com ele.

Na prática, para entender como o uso do BI impacta o cliente, vamos explorar apenas um exemplo: tendo os indicadores e dados históricos atualizados diariamente e disponíveis para consulta em formato sintetizado e de fácil análise, o gestor não precisa esperar o fechamento do mês para saber se algo está fora do esperado e precisando de redirecionamento. Em outras palavras, pode-se antecipar em semanas a decisão e a ação que precisam ser tomadas em função de algo que está fugindo do planejado. Isto apenas com base nos dados que o software de gestão já coleta e armazena. O gestor ganha tempo e o cliente evita desperdício.

E o provedor do software de gestão, além de fidelizar o cliente, o que mais ele ganha? Resumindo, também em um dentre vários aspectos: otimização de seus recursos de desenvolvimento (programadores). As funcionalidades típicas do software de BI tendem a dar ao cliente uma enorme autonomia na obtenção e formatação da informação que ele precisa analisar, a ponto de minimizar a demanda de customização de relatórios e o desenvolvimento de novos programas de consultas. Na prática, os desenvolvedores são liberados para trabalhar em novos projetos.

Em resumo, estamos falando de uma equação ganha-ganha.

*Leonardo Matt é CEO da BXBsoft.

Fonte: Gazeta do Povo

Veja também:

NOTA INFORMATIVA Nº 186/2022

Boletim Político, Notas Informativas
Confira a Nota Informativa Nº 186/2022
Continue lendo
Back To Top