skip to Main Content

Paraná lidera lista de ecossistemas finalistas do Prêmio Nacional de Inovação

O Paraná tem quatro dos nove finalistas no Prêmio Nacional de Inovação 2023, uma das iniciativas de reconhecimento nesta área do País, promovida pelo Sebrae e Confederação Nacional da Indústria (CNI), com o patrocínio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

O Estado lidera no segmento Ecossistemas de Inovação. Ao todo, são três categorias, com finalistas nas três. São eles, o Vale do Pinhão, de Curitiba, na categoria grande porte; o Sistema Regional de Inovação do Sudoeste do Paraná e o Centro de Inovação de Maringá, na categoria médio porte; e o Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro, na categoria pequeno porte.

A premiação é voltada para empresas industriais, aos negócios de pequeno porte de todos os setores e aos ecossistemas de inovação de todo país. Os vencedores serão anunciados em 26 de setembro, no 10º Congresso Internacional de Inovação da Indústria.

O secretário estadual da Inovação, Modernização e Transformação Digital, Marcelo Rangel, ressaltou a união dos setores e o fortalecimento da cultura da Inovação no Paraná. “O Estado é reconhecido por suas cidades inteligente, pela união de munícipios, do trabalho do setor público junto com privado e pelos empreendedores que buscam fazer a diferença”, afirma.

O coordenador de Inovação da Pasta, Giles Balbinotti, destaca a política estadual nesta área e o trabalho da secretaria, criada em janeiro de 2023 pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, dentro da estratégia de fortalecimento dos ecossistemas. “Estamos trabalhando com todos os ecossistemas para que, juntos, façamos com que o Paraná seja o estado mais inovador do Brasil. De nove finalistas nas três categorias, quatro são do Paraná. Isso é gratificante para todos nós”, afirma.

ECOSSISTEMA – Ecossistema é um conjunto conectado de organizações, instituições e indivíduos que colaboram e interagem para promover a criação, desenvolvimento e implementação de novas ideias, produtos e serviços. Esse sistema estimula a inovação por meio da cooperação, compartilhamento de conhecimento, recursos e suporte financeiro, criando um ambiente propício para o crescimento econômico.

Em Curitiba, o Vale do Pinhão é uma referência nacional em ecossistemas. “Estar entre os finalistas do prêmio nacional representa que estamos no caminho certo para consolidação e fortalecimento do próprio ecossistema, que tem uma governança muito ativa, unindo o mercado, a academia, Poder Público e a sociedade civil”, afirma o presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Dario Paixão.

Semana e Ciência e Tecnologia recebe inscrições de pesquisadores até o dia 15

No Norte Pioneiro, o Sistema Regional de Inovação (SRI) é destaque pela união dos munícipios menores, composto por 12 prefeituras: Andirá, Bandeirantes, Cambará, Carlópolis, Ibaiti, Jaboti, Jacarezinho, Joaquim Távora, Ribeirão Claro, Santo Antônio da Platina, Siqueira Campos e Wenceslau Braz.

“É um motivo de orgulho levar o nome do Paraná e do Norte Pioneiro para o Brasil. Mas, acima de tudo, é um orgulho provar que os pequenos municípios podem mostrar inovação de qualidade”, comemora o professor Hugo Corrêa, presidente do SRI Norte Pioneiro.

Já a SRI Sudoeste é impulsionada por Pato Branco, Francisco Beltrão, Dois Vizinhos e Palmas e Realeza, mas está sendo ampliada para conectar os 42 municípios da região. O presidente da Agência de Desenvolvimento Regional do Sudoeste, Rogério Sidral, destacou o trabalho da Secretaria da Inovação na atuação dos ecossistemas. “O Governo do Paraná tem desempenhado um trabalho ímpar. Esperamos sair com a primeira colocação”, complementa.

Fonte: Secretaria da Inovação, Modernização e Transformação Digital

Veja também:

Back To Top