skip to Main Content

Nova Lei de Licitações muda a forma de compra pública de Inovação

A Nova Lei de Licitações- que entra em vigor em 2024 – vem com um ferramental importante de incentivo à inovação. A legislação, explica o doutor em Direito pela Universidade de São Paulo (USP), Gustavo Schiefler, permitirá encarar os contratos de inovação sem a obrigação do resultado final.

“É natural que em cada cinco tentativas de inovação, quatro não tragam resultado. Mas se uma trouxer, valerá por todas. E a nova Lei prevê essa hipótese”, destaca. À CDTV, do portal Convergência Digital, Schiefler lembra que a nova Lei de Licitações traz o diálogo competitivo.

Ou seja, a administração pública lançará as suas especificações e lança um desafio, com suas necessidades. O mercado pode apresentar diferentes soluções. Há reuniões e uma solução é a escolhida. Só aí, há a abertura da licitação tradicional.

“Esse modelo permite que as startups participem mais. Temos de evoluir a cultura jurídica. Comprar de uma startup é completamente diferente de comprar um produto de prateleira”, observa. Assistam a entrevista com Gustavo Schiefler.

Fonte: Convergência Digital

Veja também:

Consulta Pública | ANATEL – Atualização das atribuições e destinações de Frequências do Brasil (2023-2024) – Prorrogado

Comunicados do Presidente e Diretorias, Serviços
Destacamos a publicação da Resolução nº 846/2024 que aprova o Plano Anual de Investimentos dos Recursos Reembolsáveis do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Continue lendo

Agenda Legislativa de 15 a 19 de abril de 2024

Agenda Legislativa, Boletim Político
Confira a Agenda Legislativa de 15 a 19 de abril de 2024.
Continue lendo
Back To Top