skip to Main Content

Medidas Legais | Multas Trabalhistas: MTE majora sanções relativas à disponibilização de informações sobre a força de trabalho

Destacamos a publicação, no Diário Oficial da União (DOU) de hoje (19), da Portaria MTE n° 66, de 18 de janeiro de 2024, que altera a Portaria MTP nº 667, de 8 de novembro de 2021, que aprova normas para a organização e tramitação dos processos de auto de infração, de notificação de débito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e da Contribuição Social; regulamenta o Sistema Eletrônico de Processo Administrativo Trabalhista; estabelece parâmetros para a aplicação das multas administrativas de valor variável, previstas na legislação trabalhista; e disciplina os procedimentos administrativos de emissão da certidão de débitos, oferta de vista, extração de cópia, verificação anual dos processos administrativos e procedimento para autorização do saque de FGTS pelo empregador, quando recolhido a empregados não optantes.

Em síntese, o ato majora multas relativas à disponibilização de informações sobre a força de trabalho.

A PORTARIA

A medida aumenta o valor, para R$ 440,07, da multa ao empregador por:

  • não entregar a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) no prazo legal, acrescidos de R$ 110,01 por bimestre de atraso, contados até a data de entrega da RAIS respectiva ou da lavratura do auto de infração, se esse ocorrer primeiro;
  • omitir informações ou prestar declaração falsa ou inexata, acrescidos de R$ 27,50 por empregado omitido ou declarado falsa ou inexatamente;
  • ao empregador obrigado ao Sistema Simplificado de Escrituração Digital das Obrigações Previdenciárias, Trabalhistas e Fiscais (eSocial), não prestar as informações na forma e prazo estabelecidos em normatização específica, ou apresentá-las com incorreções ou omissões, acrescidos de R$ 440,07 por trabalhador prejudicado em relação à informação de data da admissão, data de nascimento e CPF do trabalhador, R$ 146,69  por trabalhador prejudicado em relação às informações de data e motivo da rescisão de contrato, e os valores das verbas rescisórias devidas e R$ 103,39 por trabalhador prejudicado em relação às informações relativa a cada competência, de valores de parcelas integrantes e não integrantes das remunerações mensais dos trabalhadores, com a correspondente discriminação e individualização dos valores; e
  • deixar de fornecer ao empregado, devidamente preenchidos, o requerimento do seguro-desemprego e a Comunicação de Dispensa, por empregado prejudicado.

 

Além disso, aumenta o valor das multas administrativas das tabelas de multas administrativas (i) com critérios fixos cálculo; e (ii) com critérios variáveis de cálculo, bem como as tabelas de gradação das multas.

Destaca-se que não houve alteração no percentual de 30% estabelecido para multas com critérios fixos de cálculo relacionadas ao FGTS, entretanto, em relação às multas com critérios variáveis relacionadas ao referido fundo, foram aplicados aumentos, a saber:

 

 

 

Natureza

Valor Mínimo

Valor máximo

 

 

FGTS – falta de depósito referente a competências anteriores à implantação do FGTS Digital

 

R$ 11,00

R$ 110,02

 

 

FGTS – omitir informações sobre a conta vinculada do trabalhador referentes às competências anteriores à implantação do FGTS

 

R$ 2,20

R$ 5,50

 

 

FGTS – apresentar informações ao Cadastro Nacional do Trabalhador com erros e omissões, referentes às competências anteriores à implantação do FGTS

 

R$ 2,20

R$ 5,50

 

 

FGTS – deixar de computar parcela de remuneração referentes às competências anteriores à implantação do FGTS

 

R$ 11,00

R$ 110,02

 

 

FGTS – deixar de efetuar depósito referente à débito constituído em notificação de débito referente à competências posteriores à implantação do FGTS Digital

 

R$ 11,00

R$ 110,02

 

 

 

FGTS – deixar de apresentar ou apresentar com erros ou omissões as informações, relativas à folha de pagamento e a declarar os dados relacionados aos valores do FGTS

 

R$ 103,39

R$ 310,17

 

 

FGTS – deixar de apresentar ou promover a retificação das informações, relativas à folha de pagamento e a declarar os dados relacionados aos valores do FGTS, no prazo concedido em notificação

 

R$ 103,39

R$ 310,17

 

Observação: Valores por empregado, que podem ser dobrados na reincidência, fraude, simulação, artifício, ardil, resistência, embaraço ou desacato.

 

                 

Clique aqui e acesse a íntegra da medida, que entra em vigor em 1º de fevereiro de 2024.

 

 

Veja também:

Consulta Pública | ANATEL – Atualização das atribuições e destinações de Frequências do Brasil (2023-2024) – Prorrogado

Comunicados do Presidente e Diretorias, Serviços
Destacamos a publicação da Resolução nº 846/2024 que aprova o Plano Anual de Investimentos dos Recursos Reembolsáveis do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Continue lendo

Agenda Legislativa de 15 a 19 de abril de 2024

Agenda Legislativa, Boletim Político
Confira a Agenda Legislativa de 15 a 19 de abril de 2024.
Continue lendo
Back To Top