skip to Main Content

Isolamento turbina vendas pela Internet na Páscoa 2020

As medidas de isolamento turbinaram as vendas pela internet na Páscoa deste 2020. De acordo com pesquisa do Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, o faturamento cresceu 64%, atingindo R$ 3,2 bilhões. Foram 8,8 milhões de compras online, 89% acima do ano passado, segundo comparação das compras feitas nos 10 dias anteriores à data. 

O que a empresa chama de compra online de “última hora”, ou seja, na mesma semana da Páscoa, foi fortemente baseada em Ovos de Páscoa, que representaram 77% das vendas do período. O serviço de entrega rápida e retirada em lojas ofertado aos consumidores foi fator essencial.

“Isoladamente, os ovos de páscoa tiveram aumento de 501% no número de pedidos realizados, o que se traduziu num incremento de 685% no faturamento atingido pela categoria. Os brasileiros, inclusive, gastaram 31% a mais com cada compra feita dentro desse segmento este ano”, afirma André Dias, diretor executivo do Compre&Confie.

Voltando a olhar para o e-commerce em uma perspectiva geral, é possível perceber que a idade média dos compradores é de 37 anos, sendo os principais consumidores aqueles que têm entre 36 e 50 anos (responsáveis por 34,7% dos pedidos realizados). Em segundo lugar, estão os de 26 a 35 anos (32,2%), seguidos por aqueles de até 25 anos (18,5%). Por último, estão os que têm mais de 51 anos (14,7%).

Ao segmentar as compras por região, é possível perceber que o Sudeste mantém o protagonismo, com 67,3% dos pedidos realizados. Em segundo lugar, está o Sul (13,2%) e, em terceiro, o Nordeste (11,6%). Centro-Oeste (6%) e Norte (1,9%) ocupam as últimas posições, respectivamente. Para chegar aos números, a empresa monitora vendas reais de mais de 85% do varejo digital brasileiro. 

Fonte: Convergência Digital

Veja também:

Newsletter Foco no Planalto – Edição 24/2024

Boletim Político, Foco no Planalto
Confira a newsletter exclusiva “Foco no Planalto”, relativa a semana de 10 a 14 de junho.
Continue lendo
Back To Top