skip to Main Content

Fomento Paraná assina primeiro contrato da linha Inova Juro Zero

A Fomento Paraná, instituição financeira do Governo do Estado, firmou nesta segunda-feira (19) o primeiro contrato de financiamento Inova Juro Zero durante a abertura da Connect Week. O empresário Marcio Léo Danielewicz, da SYX Global, assinou o contrato junto com o vice-governador Darci Piana, e o secretário estadual de Inovação, Modernização e Transformação Digital, Marcelo Rangel. O diretor de Operações do Setor Privado da Fomento Paraná, Renato Maçaneiro, representou a instituição.

“Este é um compromisso do governador Carlos Massa Ratinho Junior, que vinha manifestando a importância de termos uma política de crédito com baixas taxas de juros, em especial de juro zero, para empresas do segmento de tecnologia”, explicou o diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves. “Conseguimos viabilizar esse compromisso trazendo as boas condições de taxas das linhas da Finep associadas às possibilidades de subvenção parcial ou total por meio do FIME, que estamos colocando em funcionamento neste mês”.

O empresário contratou a linha Inovacred, por intermédio da Fomento Paraná, e com o início das atividades do Fundo de Inovação das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Paraná – FIME/PR terá taxa de juros zero neste financiamento.

A SYX Global é sediada em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, mas atua com clientes de todo o Brasil. A empresa criou uma plataforma que facilita a compra e venda de materiais que eram sucata para grandes companhias, mas que podem ser reciclados e transformados em ativos úteis para empresas menores, gerando novos negócios para compradores e vendedores dos materiais.

“A gente observou que as empresas não tinham uma expertise de fazer uma venda de forma estruturada dos materiais que já não serviam mais a elas. Faltavam soluções que ajudassem a fazer isso de um jeito descomplicado. Entendemos essa dificuldade e criamos tecnologia para solucioná-la”, explica Danielewicz, que estruturou um marketplace e inovou ao conectar clientes em potencial para itens descartados por outras indústrias e empreendimentos.

O empreendedor chegou à Fomento Paraná por intermédio da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR), que é parceira da instituição financeira como correspondente.

“O Paraná é um celeiro de inovação e os empresários do setor, desde empresas consolidadas até as startups, precisam de capital durante toda a sua jornada, especialmente nos momentos de crises e crescimento! Iniciativas que promovam esse cenário, como o Inova Juro Zero, são oportunidades estratégicas e únicas onde todos os participantes ganham, na geração de renda, emprego e tributos para o Estado, que reverbera para toda a sociedade civil”, define a presidente da Assespro/PR, Josefina Gonzalez.

Ela lembra que, apenas em 2022, o Brasil teve um crescimento de 43% das empresas do setor de TI, ano em que o país contava com 275 mil empresas do segmento.

CONNECT WEEK – O Connect Week é um evento promovido em parceria entre Governo do Estado, por meio da Secretaria da Inovação, Modernização e Transformação Digital (SEI) e Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; Sebrae, Assespro-PR e prefeitura de Curitiba. A abertura do evento reuniu prefeitos, deputados estaduais, secretários de Estado representantes de entidades do setor produtivo e do ecossistema de inovação, além de empresários no Canal da Música, em Curitiba.

Como parte das apresentações de casos e programas do Connect Week, o diretor de Operações do Setor Privado da Fomento Paraná, Renato Maçaneiro, falou sobre as possibilidades de apoio à inovação disponibilizadas pelas linhas de crédito da instituição e explicou o funcionamento do FIME/PR.

De acordo com Maçaneiro, as linhas de crédito da Finep que a Fomento Paraná está colocando à disposição das micro e pequenas empresas paranaenses são linhas com custo muito baixo por sua própria natureza, com taxas de juros em torno de 0,50% a 0,61% ao mês, e o FIME neste momento fará o subsídio dos juros dos financiamentos. “Para os micro e pequenos empreendedores que tomarem recursos da Finep por meio da Fomento Paraná e pagarem as parcelas em dia, o FIME pagará a totalidade dos juros dos financiamentos”, explicou o diretor.

O Fundo de Inovação foi estruturado pela Fomento Paraná e será usado inicialmente para reduzir as taxas de juros de operações com recursos da FINEP, como as linhas Inovacred, Inovacred Expresso e Inovacred 4.0. Para início das atividades do fundo foram destacados R$ 3,0 milhões pelo FDE – Fundo de Desenvolvimento Econômico, valor que permite equalizar os juros de até R$ 10 milhões em operações de crédito para micro e pequenas empresas.

A Fomento Paraná atende também projetos de empresas de maior porte com as linhas da Finep. Os financiamentos podem chegar a até R$ 15 milhões, com taxas de juros de 0,50% ou 0,61% ao mês (conforme o porte do empreendimento e mediante análise de crédito) e prazos que podem chegar a 96 meses, para atender empresas paranaenses que precisam buscar crédito para colocar projetos de inovação em funcionamento em seus processos de produção.

COMO CONTRATAR – O acesso ao crédito das linhas Finep Inovacred, Inovacred Expresso e Inovacred 4.0 pode ser solicitado por meio da rede de correspondentes da Fomento Paraná nos municípios, em geral lotados em associações comerciais ou sociedades empresariais especializadas. Os correspondentes são capacitados para orientar os empresários, encaminhar a documentação e acompanhar o andamento das propostas. O crédito também pode ser acessado por meio da plataforma online da Fomento, no portal www.fomento.pr.gov.br, ou diretamente na sede da instituição, em Curitiba.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Veja também:

Back To Top