skip to Main Content

Embrapii vai investir R$ 60 milhões em Centro de Competência em Segurança Cibernética

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) vão criar no Brasil um Centro de Competência em Segurança Cibernética.

O Centro de Competência Embrapii terá atuação voltada para o surgimento, o fortalecimento e a ampliação de novos conhecimentos na área, considerada fronteira tecnológica. A Segurança Cibernética dedica-se a identificar, proteger, detectar, responder e recuperar sistemas prejudicados por ataques virtuais ou falhas acidentais, minimizando seus impactos.

A Chamada Pública que prevê a criação do Centro de Competência Embrapii em Segurança Cibernética e seleção de uma Instituição de Ciência e Tecnologia (ICT) brasileira para gestão do mesmo foi publicada na terça-feira (23) no site da Embrapii.

A Chamada para credenciar a ICT é realizada em parceria com o MCTI, com recursos do Programa Prioritário PPI IoT/Manufatura 4.0, no âmbito da Lei de Informática (Lei de TICs). A selecionada terá acesso aos recursos para desenvolver, em 42 meses, conhecimento, formação e capacitação de mão de obra para atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) de tecnologias estratégicas para o segmento.

Processo

Na próxima segunda-feira (5), às 16h30, a Embrapii fará uma palestra online para apresentar a chamada pública e fazer esclarecimentos. As ICTs interessadas vão poder participar por este link. Após o processo de candidatura e seleção das ICTs, o anúncio do Centro de Competência Embrapii em Segurança Cibernética Embrapii está previsto para 26 de janeiro de 2024.

Centros disruptivos

A Embrapii anunciou em 24/05 os três primeiros Centros de Competência Embrapii em áreas de fronteira tecnológica. Com investimento de R$ 180 milhões, esses locais serão responsáveis por pesquisas e formação de competências em setores de tendências de inovação. Com o apoio deles, a indústria brasileira poderá acompanhar esse movimento e acessar as possibilidades oferecidas por tecnologias ainda emergentes.

O Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel, em Santa Rita do Sapucaí (MG), será responsável pelo Centro de Competência Embrapii na área de Tecnologia e Infraestruturas de Conectividade 5G e 6G. O Centro de Excelência em Inteligência Artificial da Universidade Federal de Goiás (CEIA-UFG), em Goiânia (GO), será o Centro de Competência Embrapii em Tecnologias Imersivas Aplicadas a Mundos Virtuais. E o CPQD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações), em Campinas (SP), cuidará do Centro de Competência Embrapii em Open RAN (Open Radio Access Networks).

Fonte: Tiinside

Veja também:

Newsletter Foco no Planalto – Edição 15/2024

Boletim Político, Foco no Planalto
Confira a newsletter exclusiva “Foco no Planalto”, relativa a semana de 8 a 12 de abril.
Continue lendo
Back To Top