skip to Main Content

CEITEC sai do MCTIC e vai para a Economia para ser vendida

O governo Bolsonaro avançou mais um passo na proposta de privatização do Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada, o Ceitec, empresa que desenvolve chips, com a publicação de Decreto que a inclui no Programa Nacional de Desestatização. A empresa tem 170 funcionários.

Fundada em 2008 em Porto Alegre-RS, o Ceitec está vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), mas o mesmo Decreto já prevê que a estatal será transferida ao Ministério da Economia, como forma de facilitar a privatização. 

Com as mudanças na governança das privatizações, que saiu da Casa Civil e foi para o Ministério da Economia, o Decreto também prevê que até a conclusão dos estudos de viabilidade da venda das estatais, ficará mantido o comitê interministerial sobre o tema. Pelo projeto governamental – antes da pandemia do coronavírus- a CEITEC seria vendida em junho de 2021.

Entre os produtos desenvolvidos pela CEITEC estão os chips do passaporte brasileiro, além de etiquetas de identificação veicular e de animais.  Foram 110 milhões de unidades produzidas desde a sua criação. 

Fonte: Convergência Digital

Veja também:

PL 2338/2023 – Inteligência Artificial | CTIA: Análise Novas Emendas

Comunicados do Presidente e Diretorias, Serviços
Foram apresentadas 6 novas emendas ao substitutivo do PL 2338/2023, no âmbito da Comissão Temporária Interna sobre Inteligência Artificial no Brasil.
Continue lendo

PLP 122/2022 – Preposto de MPEs para participação em audiências nos juizados especiais cíveis | CCJC: Apresentado Parecer + Pronto para Pauta

Comunicados do Presidente e Diretorias, Serviços
O deputado Ricardo Ayres (REP/TO) apresentou parecer favorável ao PLP 122/2022, na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Continue lendo
Back To Top