skip to Main Content

Prêmio que reconhece iniciativas de ciência e tecnologia está com inscrições abertas até 5 de julho

Estão abertas até o dia 05 de julho as inscrições para o 36ª Prêmio Paranaense de Ciência e Tecnologia do Governo do Estado. Nesta edição, podem concorrer trabalhos nas áreas de Ciências Agrárias e Ciências Sociais e Humanas. Os prêmios são individuais e variam entre R$ 10 mil e R$ 30 mil, de acordo com a categoria. O edital e o espaço para inscrições estão em seti.pr.gov.br/premio2023.

Iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), a proposta da premiação é reconhecer e estimular ações de pesquisa e extensão, promover e dar visibilidade à produção paranaense no campo da ciência e tecnologia e valorizar a trajetória acadêmica e científica de pesquisadores que atuam em instituições de ensino superior públicas e privadas.

São cinco categorias: pesquisador, pesquisador-extensionista, estudante de graduação, inventor independente e jornalismo científico. Para se inscrever, os interessados devem ler o edital, cadastrar os dados pessoais e submeter os projetos. Os trabalhos serão avaliados por comissão julgadora com profissionais vinculados às respectivas áreas do conhecimento.

No campo das Ciências Agrárias, podem participar pesquisadores, extensionistas e estudantes dos seguintes cursos de graduação: Agronomia, Medicina Veterinária, Meio Ambiente e Agrárias, Recursos Florestais, Recursos Pesqueiros, Tecnologia de Alimentos e Zootecnia.

Entre os cursos ligados às Ciências Sociais e Humanas estão: Administração, Antropologia, Arqueologia, Arquivologia, Arquitetura e Urbanismo, Artes, Biblioteconomia, Ciência da Informação, Ciência Política, Comunicação Organizacional, Contabilidade, Demografia, Desenho Industrial, Design, Direito, Economia, Educação, Filosofia, Geografia, Gestão Pública, História, Jornalismo, Letras, Linguística, Marketing, Museologia, Planejamento Urbano e Regional, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, Serviço Social, Sociologia, Teologia, Turismo, entre outros cursos que estejam nas duas grandes áreas.

EMPREENDEDORISMO – Na categoria Inventor Independente, podem concorrer projetos assistidos pelas agências e núcleos de inovação tecnológica das instituições de ensino superior de todo o Paraná, além de produtos, serviços e processos desenvolvidos em aceleradoras, incubadoras das universidades e instituições de pesquisa científica e tecnológica.

COMUNICAÇÃO – A categoria Jornalismo Científico é destinada exclusivamente para jornalistas profissionais que atuam em veículos da Imprensa em qualquer cidade do território paranaense. Esse público pode concorrer com reportagens pautadas na produção científica e tecnológica, associadas ao desenvolvimento e à melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.

O Prêmio Paranaense de Ciência e Tecnologia foi idealizado pelo então presidente do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), Francisco de Assis Lemos de Souza, que encaminhou, em 1985, a sugestão para o extinto Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia (Concitec). O órgão formou uma comissão para avaliar a solicitação e, em 1986, por meio do Decreto nº 7.745, foi instituído a premiação com apoio da comunidade científica paranaense.

A premiação incluiu as categorias Inventor Independente e Jornalismo Científico em 2008 e 2009, respectivamente, com a finalidade de ampliar a visibilidade das ações governamentais na área de Ciência e Tecnologia para além da comunidade acadêmica e, assim, alcançar mais segmentos da sociedade. Atualmente, a premiação tem amparo no Decreto nº 5.364/2009.

SAIBA MAIS:

Quem pode se inscrever?

O prêmio contempla cinco categorias:

a) Pesquisador;

b) Pesquisador-extensionista;

b) Categoria Estudante de Curso de Graduação;

c) Categoria Inventor Independente;

d) Categoria Jornalismo Científico

Cada categoria tem critérios específicos, mas todos devem ser residentes no Paraná e ter seus projetos ligados às áreas de Ciências Agrárias e Ciências Humanas e Sociais.

Qual é o valor da inscrição?

A inscrição é gratuita.

Qual é o prazo para a submissão das propostas?

O prazo segue até 5 de julho.

Como faço para saber mais informações?

Na página seti.pr.gov.br/premio2023 estão disponibilizados o edital e o espaço para inscrições.

Quais são os objetivos?

Os objetivos são reconhecer e estimular ações de pesquisa e extensão, promover e dar visibilidade à produção paranaense no campo da ciência e tecnologia e valorizar a trajetória acadêmica e científica de pesquisadores que atuam em instituições de ensino superior públicas e privadas.

Quais são os prêmios?

Serão premiados 10 trabalhos, sendo um candidato de cada uma das áreas do conhecimento e de cada uma das categorias. Todos receberão certificado e valor em dinheiro, que varia de R$ 10 mil e R$ 30 mil.

Quais os requisitos dos projetos apresentados?

Cada categoria tem requisitos específicos. Mais informações estão no edital.

Quais são as etapas de seleção?

Os trabalhos serão avaliados por comissão julgadora com pesquisadores das áreas de Ciências Agrárias e Ciências Sociais e Humanas e profissionais da Imprensa de outros estados do Brasil.

Quando será a premiação?

A cerimônia de entrega da premiação será realizada até 30 de novembro. Os vencedores serão comunicados pela Seti com antecedência.

Confira o cronograma:

Inscrições: até 05 de julho

Edital: seti.pr.gov.br/premio2023

Entrega da premiação: até 30 de novembro

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Veja também:

Agenda Legislativa de 13 a 17 de maio de 2024

Agenda Legislativa, Boletim Político
Confira a Agenda Legislativa de 13 a 17 de maio de 2024.
Continue lendo

Newsletter Foco no Planalto – Edição 20/2024

Boletim Político, Foco no Planalto
Confira a newsletter exclusiva “Foco no Planalto”, relativa a semana de 13 a 17 de maio.
Continue lendo
Back To Top